28 de dezembro de 2009

Notas D'Ator/educador Lúcio Leonn


Teatro, música, dança, artes visuais, proposições, biografias, resenhas, exercícios, artigos, arte-educação...

(Textos na íntegra para apreciação e Leituras, clicar em Link):
1. É no breve balanço das artes (2005) - memórias seguem no dealbar de 2006 -TEXTO ESCRITO EM DEZEMBRO DE 2005 A cada ano posterior somos tomados de desejos de mudanças, ou mais que isso, obrigados, involuntariamente, a refletir sobre o que não foi “bom” em ano anterior.
2.Para melhorar (ou implementar) o Ensino do Teatro na Escola Considero como essencial um espaço físico adequado, como a Sala de Teatro; também de capacitação continuada, permanente, para professores em cursos, oficinas e palestras; além de professor de arte com formação específica, para lecionar a linguagem Teatro.
3.Considerando o texto “A produção vocal em altas intensidades: uma revisão da Teoria Neurocronaxica de Raul Husson” Questão 1- As contribuições da Teoria Neurocronaxica para o treinamento do ator e do cantor.
4.Imagem produzida por mim,que reflete imageticamente os assuntos da unidade: Produção e Difusão de Informação Artística na Internet "O status de 'artista como gênio' não pode ser mantido, visto que aquilo que mais impressiona está no poder da máquina que o artista usa. Consequentemente, o papel do artista está mudando e o processo criativo muda com ele para se tornar um processo de solução de problemas. A genialidade é substituida pela engenhosidade"(Santella (2005) apud Harward(1990).
5.Produzida por Salvador Dali (o Livro Árvore) tal imAgem, reflete imageticamente, os assuntos de Produção e Difusão de Informação Artística na NETOs surrealistas propunham a fusão de dois estados - os sonhos e a realidade. Podemos dizer o mesmo com, Produções e Difusão de Informação Artística na NET. Os sonhos virtuais e a realidade. N a r r a t i v a s Fragmentadas
6.Resenha (apresentação de livro) SANTAELLA, LÚCIA. Por que as comunicações e as artes estão convergindo? Apresentação de livro.Por Lúcio José de Azevêdo Lucena (Lúcio Leonn)(Resenha)
8.O espaço de atuação determina o modo de como pensamos o Teatro; Sobre o pensamento do ator - suas implicações corporais no espaço; Além de, breves atribuições e implicações do corpo de intérprete em espaço de cenas
9.Stanislavski versus Meyerhold: encontros e desencontros dum teatro em movimento possível Como a proposta de Meyerhold revisa as pesquisas de Stanislávski. A demanda pela teatralidade passa pelo enfrentamento dos limites do realismo cênico presente na primeira fase do Teatro de Arte de Moscou. Veja como em seus textos Meyerhold estabelece um debate com as idéias e práticas de Stanislávski. Esse debate determinou a busca de uma nova maneira de se fazer teatro.
10.Como abordar um texto que estimula múltiplas leituras? Quais as estratégias para se trabalhar com textos complexos? Quais as estratégias para se trabalhar com textos complexos? Em que sentido as estratégias utilizadas para melhor compreender o texto funcionam como estímulos para o processo criativo do ator?
11.Uma abordagem Stanilavskiana para um ator criativo. Comentários de algumas idéias que definem uma abordagem Stanilavskiana para um ator criativo. Explique as razões utilizadas por Stanislavski a serem estímulos para atividade criativa dos procedimentos do intérprete.

12.Estranhamento em Brecht, em textos de estudos e a peça Mãe Coragem “Aquele que não ensina divertindo e não diverte ensinando não tem nada a fazer no teatro”. (Bertolt Brecht)

13.Das Contraposições aos Principais Aspectos: breve compreensão de propostas Grotowskiniana - Estudos do Teatro Laboratório (1959-1969), - transgressão entre o ato de fazer-se “pobre” e à projeção de uma “nova” relação em espetáculo: o ator-espectador\da Arte como veículo -
14. Comentário sobre o conceito ou as expectativas de espetáculo que são negadas a partir de " Ato sem palavras I", de Samuel Beckett “As mãos não são verdadeiras nem reais, são mistérios que habitam em nossas vidas. Às vezes, quando olho para as minhas mãos, tenho medo de, Deus.” [Fala 2ª veladora no poema dramático (teatro estático), peça: “O Marinheiro”, segundo Lúcio Leonn segundo Fernando Pessoa.] Adaptação textual por Ueliton Rocon. “Uma imagem vale mais que mil palavras”, já diziam por meio da célebre sentença de Kunf Fu Tsé (Confúcio), conhecido sábio chinês.
15.Performance : O quê move o corpo (?). 1, 2, 3... Parte 1: Barbear_dorParte 2: Trans_makerParte 3: Privado_a. Trata-se de performance em série de três, com o intérprete-criador Lúcio Leonn. [série gravada em take 1 - sequência 1 (In); locação (noites): Kasa-Sede e Vila das Artes Escola de Dança- espaço-gravação da parte 2: Trans_maker].
16.WikiTarefa alunos UnB): Módulo Tecnologias Contemporâneas na Escola 2 NOVAS TECNOLOGIAS PARA UMA "NOVA" EDUCAÇÃO
17.Entrevista/Diário do Nordeste/Caderno 3: DANÇA (7/11/2009)- Novos passos (curso dança & pensamento,2007-2009)A dança como área de conhecimento foi um dos focos do curso Dança e Pensamento, que terminou ontem depois de lançar questões para o cenário local
18.Tarefa (UnB) 2- Pequeno texto teatral ("O Último Dia do Computador de Mesa") e a abordar os impactos das novas tecnologias de informação e comunicação na sociedade contemporânea.
19.Tecnologias e Sociedade- tarefa 1 (UnB): Tecnologias Contemporâneas na Escola 2: Pesquise sobre a relação de novas tecnologias e suas Interfaces.
20.Anexo VIII - Registros de Cursos via Prefeitura Municipal de Fortaleza: Panorama Secretaria Executiva Regional V/ Linguagens: Arte/educação
21.*A Figura presencial do/a Professor/a de Arte ou do Arte-educador/a - Prefeitura Municipal de Fortaleza (PMF): Perspectivas via Secretaria Executiva Regional SER V - (E, um pouco mais, de histórias...) “A nova humanidade será universal e terá a atitude do artista; isto é, reconhecerá que o imenso valor e a beleza do ser humano residem precisamente no fato de pertencer ele aos dois reinos da natureza e do espírito”. Segundo Bilbao apud Thomas Mann, (2004). No mesmo link/TEXTO - vide também: O Reencontro com a Dança Aplicada hoje. Ponto de reflexão final: o artista/educador / Programa Dançando na Escola“Em 1997, a Dança foi incluída nos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs) e ganhoureconhecimento nacional como forma de conhecimento a ser trabalhado na escola." Segundo Isabel Marques. Dançando na Escola. Subtópico: para onde vai o ensino de dança?

22.JOGOS dramáticos e teatrais-(conceito: Ação(espaço/tempo)): SUGESTÕES DE ATIVIDADES - via Projeto de Teatro Aplicado Objetivo: desenvolver o conceito de ação e solucionar problemas (bater palmas, uso do corpo em movimentos do cotidiano /comandos e níveis de movimentos / espaço livre/circular de movimentos etc.), por meio de jogos em grupo.
23.Tarefa de Abertura e Finalização do Curso(módulo) Licenciatura em Teatro UnB/Instituto de Artes(IdA):LABORATÓRIO DE TEATROPalavras/Temas relacionados ao conteúdo de nossa Disciplina de Laboratório do Teatro 2: (cena/presença cênica/dimensão acústica/atitude e intenção)
24.Conclusões, fundamentações e contribuições teóricas em prol da (In)formação em Arte/Educação via Fórum: Universidade de Brasília(UnB) / Instituto de Arte “Ser contemporâneo de si mesmo é o mínimo que se pode exigir de um Arte-Educador.” Segundo Ana Amália Tavares Bastos Barbosa (filha) apud Ana Mae Barbosa, (mãe), 2008.
25.Atividade Citação sobre a HISTORIA DA ARTE-EDUCAÇÃO (Teatro)-Universidade de Brasília(UnB) / Instituto de Arte (IdA) QUESTÕES CONCEITUAIS SOBRE O APRENDER E O ENSINAR TEATRO, (UNIDADE 1, (pp.07-39).). Texto do Prof. Dr.: SANTANA, Arão Paranaguá de; Módulo 14: História da Arte-Educação. Curso Licenciatura em Teatro do Programa Pró-Licenciatura. Universidade de Brasília (UnB). Brasília: Dupligráfica Editora Ltda, 2008.
26.Estudo Dirigido: LABORATÓRIO DE TEATRO 2 - Universidade de Brasília(UnB) / Instituto de Arte (IdA)Com base nos textos lidos, responda 03 (três) das 06 (seis) perguntas apresentadas. Escolha de acordo com sua preferência.
28.Atividade Final: relação em tríade: módulo Tecnologias de Improvisação – Um sistema de análise e pesquisa de movimentoRelação em tríade: da experiência corporal vivenciada no módulo Tecnologias de Improvisação – Um sistema de análise e pesquisa de movimento; da prática profissional cotidiana do aluno e de estudos e leituras do texto: “O Movimento Qualquer”, de Paulo Caldas, (RJ).
29.Performance - A pergunta nos foi lançada: o que pode nos mover e mover a performance?"Viver é uma forma de não estar seguro, de não saber o que está próximo ou como. O momento que você sabe como, você começa a morrer um pouco. O artista nunca sabe perfeitamente, nós supomos. Podemos estar errados, mas nós ganhamos um salto após salto no escuro".
30.“AMELIA”, via DvD, de Edouard Lock: a Multimídia personifica obra da Cia. La La La Human Steps, (fundada em 1980). "No cinema a imagem que vemos na tela também passou por um texto escrito, foi primeiramente ‘vista’ mentalmente pelo diretor, em seguida, reconstruída em sua corporeidade num set, para ser finalmente fixada em fotogramas de um filme. (...) Esse ‘ cinema mental’ funciona continuamente em nós – e sempre funcionou, mesmo antes da invenção do cinema – e não cessa nunca de projetar imagens de nossa ‘tela interior’ ”. (Maria Isabel Leite, (2004) apud Italo Calvino, p.104.).
31.ATIVIDADE FICHAMENTO DE CITAÇÃO: O Teatro e suas origens: uma visão multiculturalista Referência Veloso, Jorge das Graça. O Teatro e suas origens: uma visão multiculturalista (Módulos-9 /História do Teatro 1, 21p). Licenciatura em Teatro do Programa Pró-Licenciatura – Fase II. Universidade de Brasília /UnB. Instituto de Arte/IdA.

32.ATIVIDADE: Questões sobre o Tempo- Universidade de Brasília/UnB. Instituto de Arte/IdA.Na tarefa você terá que responder três questões considerando os textos da Semana 6 e o trecho em áudio da personagem Julieta, da peça Romeu e Julieta, de Shakespeare.

33.Serviços: ONDE ENCONTRAR NA INTERNET:sites de histórias em quadrinhos, gibitecas e cartunistas.Sites de fotógrafos nacionais e internacionais, museus etc.

34.“Excelência no Ensino da Arte” – Ensino Fundamental I e Médio TEXTO SENTIDO 1 – Fortaleza, 09 de novembro de 2002.Professor de Arte/parceiro: Lúcio José de Azevêdo Lucena-Lúcio Leonn

35.PROFESSORES/AS DE ARTE - 5ª A 8ª SÉRIE – Relatório Final do Curso -10 ENCONTROS PEDAGÓGICOS Texto Sentido 2- Fortaleza 09 de novembro de 2002. Professor de Arte/parceiro ministrante: Lúcio José Azevêdo Lucena (org. final) - Lúcio Leonn.

36.Os Processos de Formação Teatral em Fortaleza na década de 1990: Memórias de um ator. Fortaleza: UECE/CEFET-CE. 2002 (RESENHA)(Monografia de Especialização em Arte e Educação, 177p). Diretoria de Pesquisa e Pós-Graduação - DIPPG/Centro Federal de Educação Tecnológica do Ceará - Cefet-Ce. Parceria: Universidade Estadual do Ceará-UECE. Prof. Lúcio José de Azevêdo Lucena (Lúcio Leonn) - clique link
Sob à luz de saberes, estudos e interação da psicologia - constrói-se conhecimento pedagógico vida escolar/profissional e a organizacional: vida pessoal/social

39.Breve Reflexão em Estudos Iniciais e Avaliativos: teatro/educação à distância / pró-licenciatura-teatro / Curso Licenciatura Teatro (UnB): via Fórum (Tarefa Avaliativa) - aluno da Universidade Nacional de Brasília-UnB/Instituto de Artes-IdA:Lúcio José de Azevêdo Lucena (Lúcio Leonn)

40.RELAÇÃO ENTRE A DANÇA E O TEATRO. OU QUE SE TÊM - (TENHO) A DIZER SOBRE O TORTUOSO OU DOCE RELAÇÃO - TEATRO E DANÇA. (DANÇA-TEATRO. TEATRO-DANÇA.) “O teatro no Ceará caminha em busca de uma redescoberta, preocupando-se com um maior aprofundamento da estética cênica da linguagem corporal e da interpretação voltada ao ator”. Lúcio Leonn. (Entrevista ao Jornal Tribuna do Ceará, 1994)

42."Igualdade, diversidade e inclusão social do negro no Brasil: A presença negra nas artes brasileiras" * PLANO DE AULA/Título: Classificação de (re)produções artísticas em âmbito nacional/regional (Ceará)- Artes Visuais

43.Atividades de Orientação em direção/interpretação cênica com os atores de Fortaleza para o Curso Colégio de Direção Teatral do Instituto Dragão do Mar, à Escola de Teatro da Universidade Federal da Bahia-UFBA, e o Curso Técnico para Formação de Atores da Escola de Arte Dramática-EAD/ECA-USP

44.Dança contemporânea: impasses e perspectivas do Curso Dança e Pensamento - EXERCÍCIO/Proposição .*UMA ELABORAÇÃO COREOGRÁFICA E EXIBIÇÃO CÊNICA.(Para Término de Curso - A Dança para Atores/Atrizes).
****

3 comentários:

  1. Parabéns pelo seu blog e as matérias que veicula. Se puder, visite o meu blog, poste o seu comentário e indique para os seus contatos. Um 2010 maravilhoso! Meu blog: www.valdecyalves.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Valdecy. Sua participação muito nos fortalece.

    ResponderExcluir
  3. Lúcio,

    Fico feliz em revê-lo ( mesmo que só virtualmente). A propósito, seus textos me vão ser muito útil. E por favor, quando tiver em algum espetáculo seu em cartaz divulga no blogue.

    Abraços.

    ResponderExcluir

Ternura Sempre...